Busca

Aluno do curso técnico em Informática para Internet realiza minicurso sobre ferramenta de reconhecimento visual

Em um mundo cada vez mais tecnológico, onde as fronteiras da inovação ressignificam as relações de trabalho na sociedade de forma constante, a preparação para as novas tendências da era digital surge como caminho estritamente necessário para o profissional em formação. E foi com esse objetivo que o aluno Vinicius Pereira da Silva, concluinte do curso Técnico Subsequente em Informática para Internet do Campus Natal – Zona Leste, realizou na última quinta-feira (23) um minicurso sobre a ferramenta OpenCV.

Vinicius Pereira no minicurso sobre a OpenCV

A atividade, que aconteceu no Laboratório de Pesquisa em Informática, Comunicação e Automação (Laica), trouxe para os participantes a perspectiva inovadora e abrangente que a OpenCV possui. Ela consiste em uma plataforma de imagens disponibilizada na Internet, livre de direitos autorais e para uso gratuito dos usuários, que podem estudar, modificar e distribuir o material para fins diversos. Além disso, possui módulos de processamento de imagens e videos, controle de mouse e teclado, além de mais de 350 algoritmos que incluem filtros de imagem, calibração de câmera, reconhecimento de objetos, análise estrutural e outros.

Uma das aplicações da OpenCV é a análise de exames de Raio-X

Em um entendimento mais abrangente, o código (tema do minicurso) pode ser usado por softwares e aplicativos para tratamento e análise de imagens. Uma das aplicações práticas feitas por esse código pode ser visto em ferramentas de análises de exames de Raio-x, onde é possível explorar de forma individual cada parte componente da radiografia e, assim, fazer o diagnóstico mais preciso em tempo real. Com tanta usabilidade, a OpenCV tem mais de 50 mil usuários ativos e um número estimado de cerca de 6 milhões de downloads em todo o mundo.

Para o ministrante, essa é uma oportunidade distinta na sua trajetória acadêmica. “Com o minicurso, pude aprofundar um assunto que eu acredito que seja uma tendência na informática nos próximos anos, tendo em vista que cada vez mais o profissional deve estar atento ao que faz parte das novas tecnologias”.

Por fim, o aluno ponderou sobre o seu caminho no curso do IFRN. “O curso técnico em Informática para a Internet é muito bom e está atendendo bastante às minhas expectativas. Queria ter tido a oportunidade de fazê-lo mais cedo, pois uma base de lógica de programação pode ser muito útil antes de se fazer um curso superior de Engenharia, além de ser um diferencial no mercado de trabalho. ”, relatou o graduado em Engenharia Mecânica.

Na visão do professor João Moreno Vilas Boas, participante do minicurso, atividades como a que foi feita pelo aluno se destaca como um elemento diferencial na formação dos discentes da instituição. “O tema abordado hoje foi a virtualização do estado de um cubo mágico utilizando o OpenCV. A apresentação de minicursos como este fazem parte da metodologia de ensino durante a construção de um TCC com bom nível acadêmico”, afirmou.

Compartilhe esta notícia