Busca

Professores e servidores debatem o Projeto Future-se, lançado pelo Ministério da Educação

Na tarde desta quarta-feira (14) o Campus Natal – Zona Leste realizou um debate com o corpo docente sobre o projeto Future-se, do Ministério da Educação. A reunião foi conduzida pelo professor e Ex-Pro-Reitor de Ensino Agamenon Henrique de Carvalho Tavares, e contou com a presença do Diretor-Geral Pro Tempore, José Roberto dos Santos, e do Diretor Acadêmico, Albérico Canário. O encontro tinha o objetivo de explicar o projeto e as consequências para o Instituto, além de esclarecer as dúvidas dos presentes.

O debate aconteceu no Campus Natal – Zona Leste

Segundo o Governo Federal, o Projeto Future-se  tem o objetivo de aumentar a autonomia administrativa das instituições federais de ensino público através de parcerias com Organizações Sociais – que são entidades privadas, sem fins lucrativos, que prestam serviços de interesse público. Essa parceria ajudaria nas ações de fomento econômico dos institutos ou universidades federais, que podem aderir ou não ao projeto. Caso não seja realizada a adesão, a entidade continuará recebendo os recursos diretos destinados pelo Governo Federal.

Para o professor Agamenon, a educação está entre dois caminhos distintos: a educação como um direito do povo brasileiro; e a educação como um mercado a ser conquistado. “Hoje nós estamos pra escolher entre perder autonomia e perder orçamento. O meu pensamento é que nós devamos escolher entre manter a qualidade com autonomia e ter a possibilidade de encontrar boas parcerias que nos entendam com a autonomia que nós temos, que é uma garantia constitucional”, afirmou.

Compartilhe esta notícia