Busca

Intercambistas no Corpo Livre

“Viver a língua é isso que quem faz intercâmbio busca mais intensamente. Acredito em aula-passeio, multi e interdisciplinaridade e em abordagem comunicativa, os três esteios teóricos básicos de minhas aulas. Ontem foi para “vivermos” uma aula de capoeira. Contamos com a boa vontade, profissionalismo e senso de cooperação do grupo “Corpo livre”, do mestre Magão, do Breno – Mestrando Anjinho, de Fernando – Mestrando Perninha, Mestre Magão, Ruan Medeiros Medeiros- Vilão, Gessiêda Araújo – Furta Cor, Mariana – Banana, Heloísa França… O aprendizado começou na própria APRESENTAÇÃO, pois é preciso saber por que os APELIDOS são/eram mais importantes historicamente do que os NOMES para os capoeiristas.

Uma aula que lida com o movimento, quando bem programada por um bom professor, prevê momentos que respeitam o corpo e, portanto, cuida do ALONGAMENTO, da CONSCIÊNCIA CORPORAL, DO SENSO DE ESPAÇO, e, no caso da capoeira, do RITMO, daí a importância das PALMAS. Como foi uma aula de apresentação, contamos com a PACIÊNCIA e os CONHECIMENTOS passados acerca dos INSTRUMENTOS MUSICAIS típicos da capoeira: BERIMBAU/CAXIXI, ATABAQUE e PANDEIRO. Perninha nos explicou os três tipos de berimbau, do som baixo ao floreio. Anjinho falou da importância da batida do atabaque, o coração da dança/música. Quatro PASSOS BÁSICOS foram trabalhados: JINGA, ESQUIVA, GUARDA BAIXA e COCORINHA. Daí a importância de aprender os verbos JINGAR, SE ESQUIVAR, SE BAIXAR para SE GUARDAR, SE PROTEGER.

Entender a mistura de culturas presentes na capoeira é essencial para entender um pouco por que é considerada tão brasileira. É uma LUTA? É um JOGO? É uma DANÇA? É uma MÚSICA? É uma BRINCADEIRA? Bem… e se for tudo? Qual a importância da RODA? E o que é e como se dança um SAMBA DE RODA? E como se dança maculelê? (Estávamos tão envolvidos que nem filmamos. Rsrs). Observaram que para se começar a jogar, primeiro se faz uma SAUDAÇÃO inicial? Perceberam também a saudação final? Viram a NOÇÃO DE RESPEITO pelo parceiro? Perceberam o CUIDADO COM O OUTRO, com o PARCEIRO jogador? Ao término da aula, Anjinho agradeceu a presença de todos e falou sobre a importância de ENSINAR e APRENDER como uma via de mão dupla, complementares. Os alunos INTERCAMBISTAS agradeceram através da fala de Zuzu Bartošková, Joel Pitkänen e posteriormente em pequenos grupos vários demonstraram sua satisfação em ter participado. E eu só pude dizer MUITO OBRIGADA a todos os envolvidos que compreendem que o LÚDICO é muito importante para a APRENDIZAGEM, especialmente de uma língua.

Meu RECONHECIMENTO e AGRADECIMENTO públicos ao grupo CORPO LIVRE pela aula animada, participativa. Em tempos em que a obesidade se espalha e governos acham que a atividade física não é papel da escola, eu só tenho a dizer VIVA A CAPOEIRA e sua rebeldia! José Arnóbio e todos os professores de Educação Física e de ATIVIDADES CULTURAIS, meu respeito. Ao IFRN Natal Central, para que continuemos lutando por uma escola inclusiva, diversa e onde a formação geral do cidadão seja entendida como formadora de um ser completo, afinal cabeça também é CORPO. Luzimar Silva, Marcelo Camilo, Régia Lopes, Wyllys Farkatt Tabosa, para que lutemos contra a xenofobia sempre. 👏🏽🇧🇷👏🏾👏👏🏻👏🏼👏🏿🇧🇷 🇨🇱🇺🇸🇫🇷🇲🇽🇵🇱🇫🇮🇩🇪🇧🇪🇩🇰 AXÉ para todos os que são de PAZ e, se preciso, de LUTA!!!” Texto da Professora Iaçonara Miranda de Albuquerque, em visita junto de seus alunos intercambistas a um dos treinos do Corpo Livre no IFRN/CNat.

Visita dos intercambistas a um dos treinos do Corpo Livre no IFRN/CNat.

Visita dos intercambistas a um dos treinos do Corpo Livre no IFRN/CNat.

Compartilhe esta notícia