Busca

QUÍMICA PARA TODOS: Aluno de especialização a distância realiza experimentos com baixo custo em escola pública de Marcelino Vieira

Reportagem: Laurence Campos / Evandro Ferreira

Arthur Lopes no CONEDU em Fortaleza

Um balanço feito pela Diretoria Acadêmica do Campus Natal – Zona Leste aponta que, somente neste ano, 21 alunos de graduação e pós-graduação a distância apresentaram trabalhos em eventos nacionais e internacionais. Entre os vários projetos que foram expostos em congressos e seminários, um foi colocado em prática em uma escola pública de Marcelino Vieira. A iniciativa surgiu como resposta à dificuldade do poder público em montar laboratórios equipados em todas as unidades de ensino espalhadas pelo interior do RN.

Foi o que viu de perto o aluno Arthur Lopes do Nascimento, do curso de Especialização em Ensino de Matemática para o Ensino Médio, voltado para capacitar professores tanto de Matemática quando de áreas afins, como Química e Física. Para driblar a falta de estrutura da Escola Estadual Desembargador Licurgo Nunes, ele resolveu baratear os experimentos e transformá-los em ensaios práticos e de baixo custo. O projeto de popularização do conhecimento foi apresentado no VI Congresso Nacional de Educação (CONEDU), realizado em Fortaleza (CE).

Conhecimento acessível para todos

Os experimentos foram realizados com o apoio dos alunos

A ação foi realizada com 25 alunos do 2º ano do Ensino Médio. Na primeira experiência, foi feita a preparação de quatro misturas, sendo três delas homogêneas (água e sal; gasolina e álcool; e água e açúcar) e uma heterogênea (água e areia). Esse experimento buscou identificar as percepções dos alunos a respeito da classificação das misturas como soluções e os componentes que as constituem: soluto e solvente.

Na segunda parte da atividade, foi elaborado um preparo de soluções distintas a respeito da quantidade de soluto, se era saturada, insaturada ou supersaturada. O propósito desse experimento foi identificar o aprendizado do aluno quanto a essas classificações, sendo necessária a habilidade de diferenciá-las para posteriormente classificá-las.

Após a realização da série de experimentos, as respostas elaboradas pelos discentes no teste de conhecimentos prévios foram analisadas, organizadas e categorizadas.

Materiais de baixo custo utilizados nos experimentos

A iniciativa trouxe resultados positivos não apenas para os estudantes de Marcelino Vieira. Para Arthur, o ambiente acadêmico proporcionado pela especialização, que gerou a oportunidade de apresentação da iniciativa no VI CONEDU, foi positivo para a sua trajetória acadêmica. “As apresentações foram por meio de mesa redonda. Então, além de discutir o meu trabalho, pude ver como os colegas vêm trabalhando em sala de aula. Foi um momento para se discutir melhorias no ensino do país”, reflete.

Apoio aos alunos da EaD

Profª. Edneide Conceição Bezerra, Coordenadora dos cursos UAB do IFRN

O alto número de trabalhos apresentados em eventos acadêmicos reflete a preocupação do IFRN com o desenvolvimento dos alunos dos cursos EaD. Para a professora Edneide Bezerra, coordenadora da Universidade Aberta do Brasil (UAB) no IFRN, o índice é fruto de um trabalho contínuo que busca agilizar os processos educacionais e oferecer apoio às ideias dos estudantes. “Com essa organização, nós pudemos atender a todas as solicitações de apoio que foram requeridas, o que gerou o saldo positivo no número de trabalhos aprovados e apresentados pelos nossos alunos”, explica.

Sobre o curso de especialização

O curso de especialização a distância em Ensino de Matemática para o Ensino Médio tem por objetivo a qualificação de professores com nível superior em Matemática e áreas afins, como Química e Física, que trabalhem, principalmente, na rede pública do Rio Grande do Norte, nos ensinos fundamental e/ou médio.

A especialização, coordenada pela professora Helenice Barbosa, propõe-se a contribuir para a elevação da qualidade da educação básica (em especial a pública), formando Especialistas através de um processo de apropriação e de produção de conhecimentos científicos e tecnológicos, capaz de contribuir com a formação humana integral e com o desenvolvimento socioeconômico da nossa região articulado aos processos de democratização e justiça social.

Compartilhe esta notícia