Busca

Tecnologia em Gestão Ambiental

O Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental, na modalidade a distância, tem como objetivo formar profissionais com competência para compreender e analisar criticamente as atividades tecnológicas, econômicas, produtivas e sociais que possam causar impactos ao meio ambiente, e propor alternativas preventivas e/ou corretivas, de solução e/ou de prevenção, para a melhoria e conservação da qualidade ambiental. Duração do curso é de SEIS semestres, com carga horária de 2.294.

Atualmente, o curso é ofertado nos polos de apoio presenciais de Caraúbas, Guamaré, Macau, Natal, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante.

Coordenador: Cristina de Souza Bispo
Contato: (84) 3092-8919 | tecga.ead@ifrn.edu.br

Perfil Profissional

O profissional egresso do curso superior de Tecnologia em Gestão Ambiental deve ser capaz de processar informações, ter senso crítico e ser capaz de impulsionar o desenvolvimento econômico da região, integrando formação técnica à cidadania, seguindo os seguintes aspectos:

  • Compreender os princípios organizacionais da sociedade e a relação entre saúde, segurança, meio ambiente e os sistemas biológicos geológicos;
  • Aplicar alternativas metodológicas de prevenção, mitigação e/ou recuperação ambiental;
  • Realizar e interpretar análises laboratoriais e de campo das características físicas, químicas e biológicas do ar, das águas, efluentes e resíduos sólidos;
  • Interpretar tratamento de águas, efluentes e resíduos sólidos, através de metodologia e tecnologia adequadas;
  • Atuar na organização e na coordenação de equipes multidisciplinares de Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA);
  • Elaborar planos de acompanhamento e monitoramento de impactos ambientais e implementar sistemas de gestão ambiental em todos os setores de empresas públicas e privadas;
  • Organizar e coordenar campanhas, cursos e treinamentos nas áreas de educação ambiental, poluição ambiental e saúde ambiental;
  • Realizar diagnóstico ambiental emitindo parecer técnico e aplicando normas técnicas nas atividades específicas.

Recursos Didáticos e Infraestrutura

Para atender às especificidades relativas às funções dos polos, cada um deles deve contar com uma infraestrutura que disponha de, pelo menos, os seguintes espaços:

  • 02 salas de aula equipadas com recursos de multimídias para as atividades presenciais e avaliações;
  • 02 laboratórios de Informática, cada um equipado com 25 computadores conectados à Internet e duas impressoras;
  • 01 biblioteca, com acervo básico nas áreas de conhecimento do curso;
  • 01 videoteca, com material audiovisual de apoio;
  • 02 salas de atendimento de tutoria com linha telefônica 0800, computador e impressora;
  • 01 sala de professores e tutores com computador e impressora;
  • 01 sala equipada com as tecnologias para videoconferência;
  • 01 sala para secretaria acadêmica e de coordenação do polo;
  • 01 laboratório móvel de microbiologia.

Além disso, os polos contam com outros equipamentos e materiais para uso didático, tais como: revistas, softwares específicos, materiais didáticos para oficina, videocassetes e DVD’s, projetores de slides e projetores multimídia. Os polos também devem estar adaptados à recepção e permanência de estudantes e profissionais com necessidades educacionais especiais. Para tanto, devem contar em sua infraestrutura física com rampas de acesso, portas que permitam a entrada de cadeira de rodas, banheiros adaptados, carteiras para canhotos etc. Cada polo deve contar ainda com uma biblioteca com condições para consulta ao acervo e estudo. É fundamental que os polos disponham dessa infraestrutura mínima uma vez que eles contribuem para a permanência do estudante no curso, estabelecendo interatividade entre o estudante e a entidade executora.

Requisitos e Formas de acesso

O acesso ao Curso Técnico Subsequente em Guia de Turismo Regional, na modalidade a distância, destinado a portadores do certificado de conclusão do Ensino Médio, ou equivalente, poderá ser feito através de:

  • Processo seletivo, aberto ao público ou conveniado, para o primeiro período do curso; ou
  • Transferência ou reingresso, para período compatível.

Com o objetivo de democratizar o acesso ao curso, pelo menos 50% (cinquenta por cento) das vagas oferecidas a cada entrada poderão ser reservadas para alunos que tenham cursado do sexto ao nono ano do Ensino Fundamental e todas as séries do Ensino Médio em escola pública.

Estrutura curricular

A matriz curricular do curso está organizada por disciplinas em regime seriado semestral, divida em módulos. A carga-horária total é de 1.390 horas, sendo 920 horas destinadas às disciplinas de bases científica e tecnológica e 400 horas à prática profissional.

As disciplinas que compõem a matriz curricular deverão estar articuladas entre si, fundamentadas nos conceitos de interdisciplinaridade e contextualização. Orientar-se-ão pelos perfis profissionais de conclusão estabelecidos no Projeto Pedagógico do Curso, almejando uma formação integrada que, articula ciência, trabalho, cultura e tecnologia, assim como a aplicação de conhecimentos teórico-práticos específicos do eixo tecnológico e da habilitação particular, contribuindo para uma sólida formação técnico-humanística dos estudantes.

Projeto Político Pedagógico

Clique aqui para ler mais sobre o Projeto Político Pedagógico do curso de Gestão Ambiental.

Tenho interesse neste curso

Informe seu nome completo.

Poderá ser utilizado para comunicá-lo futuramente via SMS ou outro serviço de mensagens como o Whatsapp.

Este E-mail será utilizado para notificá-lo quando for aberto um novo edital que contemple este curso.

Registrar meu interesse