Busca

Núcleo de Artes do Campus EaD participa de ação alusiva ao Dia Nacional da Consciência Negra

O Núcleo de Artes (NUARTE) do Campus EaD, em parceria com o Coletivo Araruna, realizou nesta quinta-feira (22) um evento em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra. A ação aconteceu no chamado “Pátio das Rosquinhas” do Campus Natal-Central e contou com a participação de alunos, servidores e integrantes dos projetos.

Instalação visual organizada pelo Coletivo Araruna.

O evento teve início pela manhã a partir de uma instalação visual que exibiu obras e figuras de grande representatividade da comunidade negra. Além disso, um grande banner foi exposto com frases que traziam manifestações diversas de cunho político, social e econômico.

Pela tarde, o encontro deu continuidade às atividades com uma roda de conversa sobre ”Colorismo”, termo que discute a discriminação por cor da pele. Em seguida, uma oficina de Abayomi – bonecas feitas de retalho que simbolizam a resistência negra – foi realizada e ministrada por dois alunos participantes do Coletivo Araruna. 

Oficina de Abayomi.

De acordo com Vinícius Lima, estudante do Curso de Mineração e integrante do Coletivo Araruna, “essa ação veio para conscientizar os alunos e demais pessoas que fazem parte da instituição para o fato de que ainda há um atraso quando se fala em cultura afro-brasileira”. 

Grupo Capoeira Corpo Livre.

 Como encerramento, uma roda de capoeira organizada pelo Grupo Corpo Livre, uma das iniciativas do NUARTE do Campus EaD, foi realizada e aberta ao público. O grupo, que tem mais de 30 anos, ensina capoeira tanto para servidores como para interessados da comunidade externa. Mestre Robson, um dos dirigentes do Corpo Livre, explicou porquê considera essa prática tão importante. “O mundo não tem a consciência que a gente quer quando o assunto é a cultura afro-brasileira. Então, a gente sempre busca sempre educar e conscientizar as pessoas através da capoeira”.

 

Dia Nacional da Consciência Negra

O Dia da Consciência Negra é comemorado em 20 de novembro em todo o país. A data resgata e homenageia a história de Zumbi, considerado um dos símbolos da luta contra a escravidão no Brasil.

Oficializado através da Lei nº 12.519 de 10 de novembro de 2011, o objetivo deste dia é trazer atenção e reflexão para a importância e influência da cultura africana no Brasil. Questões como direitos da população negra, racismo e cultura afro-brasileira são sempre lembrados e ressaltados nesta data.

Compartilhe esta notícia